Nova oitiva da Comissão da Verdade da UFBA acontece nesta terça-feira (15)

Carlos Sarno, João Coutinho e Júlio Guedes são os próximos a prestarem declarações na oitava sessão da Comissão Milton Santos de Memória e Verdade da Universidade Federal da Bahia. O evento aberto acontece terça-feira, 15 de abril, às 14h no auditório da Faculdade de Comunicação (rua Barão de Geremoabo, s/n, Ondina).

As oitivas da Comissao Milton santos de Memória e verdade foram iniciadas no dia 4 de fevereiro, criada pelo Conselho Universitário da UFBA para apurar e reconstituir acontecimentos na Universidade no período de abril de 1964 até a promulgação da Constituição Federal de 1988. O Presidente da comissão, o professor Othon Jambeiro abriu a oitiva e convidou o economista Manoel Castro, orador da turma de Economia da UFBA formada em 1964, ano do Golpe Militar, que foi o primeiro a falar.

Outras dezenas de pessoas – que eram estudantes, professores ou funcionários nos anos da ditadura militar – serão ouvidas ao longo do período de trabalho da comissão. Os depoimentos serão gravados para a reconstituição e estão sendo levantados os nomes de todas as pessoas que de alguma forma tenham sido atingidas por atos de violação de direitos humanos e liberdades . As oitivas são abertas e podem ser testemunhadas por qualquer pessoa. São realizadas sempre no auditório da Faculdade de Comunicação (Facom), no campus de Ondina.

A TV UFBA está presente, gravando as sessões e registrando entrevistas com os depoentes. O material coletado será disponibilizado na web e também fará parte de um documentário da TV UFBA sobre a Comissão Milton Santos de Memória e Verdade.