Vídeos

CONGRESSO: Reitor João Carlos Salles
See video

O tratamento de doenças com as chamadas plantas medicinais é uma prática milenar que resiste ao tempo e ainda é bastante utilizada. Mas será que as plantas possuem mesmo o poder de curar? Quais os riscos deste tipo de tratamento? Existem leis que regulamentam o uso? Quem pode prescrever? Em um bate-papo esclarecedor a farmacêutica e pesquisadora da Faculdade de Farmácia da UFBA, Mara Zélia de Almeida, fala do tema e dos mitos e verdades que os cercam.

See video

A TV UFBA foi conferir algumas atividades que ocorreram no ACTA13 - Semana de Arte, Cultura, Ciência e Tecnologia. Com pesquisas em todas as áreas do conhecimento, indo das Ciências Agrárias, Biológicas, da Saúde, da Terra, Exatas, Humanas e Sociais Aplicadas às Artes, Engenharias, Letras e Linguística, passando ainda por abordagens multi, inter e transdisciplinares, envolvendo professores e estudantes universitários e outros personagens direta ou indiretamente relacionados.

See video

Em homenagem ao mês das crianças, a TV UFBA traz as pesquisadoras Clarissa Braga e Sônia Rangel para contarem como seus projetos dialogam e interagem com o universo infantil. As pesquisadoras falam também da importância de contribuir para o desenvolvimento na infância e mostram como a universidade vem pensando a criança de uma perspectiva acadêmica. Ambas através do conto de histórias, atraem o público infantil e resgatam nos adultos a sensibilidade e a memória da juventude esquecida.

See video

No segundo dia do SEMEX, a mesa redonda "Vizinhanças: desafios e possibilidades nas relações UFBA/Comunidades do seu entorno", apresentou a primeira discussão na UFBA do processo de discussão coletiva do programa "Vizinhanças", cujo objetivo maior é estimular e fomentar a realização de ações coordenadas de extensão junto as comunidades do entorno dos campi da UFBA. Com o lançamento previsto para o ano que vem, o programa foi debatido por alunos, professores e representantes das comunidades.

See video

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes- ENADE se aproxima e alguns cursos da UFBA serão avaliados. A reportagem tira algumas dúvidas dos estudantes que vão fazer a prova.
Por que fazê-la? Como funciona esse sistema de avaliação? Será que quem está sendo avaliado é o aluno ou curso? Antonio Virgilio, coordenador da comissão própria de avaliação do ENADE, explica que o ENADE busca mostrar o nível do curso avaliado e os resultados são fundamentais para localizar o curso a nível nacional no que desrespeito a qualidade.
O vídeo fala também do famoso boicote e suas consequências. Alguns alunos boicotam a própria prova como forma de protesto contra o formato de avaliação, como afirma a estudante Yasmim Ferraz, diretora do DCE da UFBA.
Assita ao vídeo e tire suas dúvidas e esclareça todos os mitos sobre o exame:

See video

Quer saber o que vai rolar na cidade no mês das crianças? Em nossa agendinha cultural você confere opções de entretenimento e diversão que integram uma programação rica e diversificada para crianças de todas as idades. Jogos, brincadeiras, teatro, histórias, música e um bate-papo com os pequeninos sobre temas da atualidade. Tudo dedicado afazer a alegria da criançada. Confira!

See video

Antes mesmo de nascer, ainda no útero materno, a criança já toma contato com um dos elementos fundamentais da música - o ritmo - através das vibrações e pulsações do coração da mãe. Ao nascer, a criança entra em contato com o universo sonoro que a cerca: sons produzidos pelos seres vivos e pelos objetos. Sua relação com a música é imediata, seja através do acalanto da mãe ou dos aparelhos sonoros de sua casa. E é a partir dessa relação entre o gesto e o som que a criança, ouvindo, cantando, imitando, dançando, constrói seu conhecimento sobre música.
 
Musicalizar a criança nada mais é do que despertar a expressão espontânea, sensibilizar e desenvolver aquilo que ela já é capaz de fazer, e organizar as informações pouco a pouco. Musicalizar brincando é um processo que completa o desenvolvimento da criança, que vai ao encontro de seus interesses e proporciona benefícios que ela própria não consegue avaliar, mas sentir.

See video
O artigo científico intitulado "O papel da experiência religiosa no enfrentamento de aflições e problemas de saúde", publicado pelas pesquisadoras do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA, Clarice Mota, Leny Trad e Maria José Villas Boas, traz uma reflexão sobre o papel que a fé tem nos processos de cura, enfrentamento de problemas de saúde e, de um modo geral, no combate ao sofrimento humano.
 
A religiosidade tem atuado como coadjuvante no processo de cura de doenças e enfrentamento de aflições, e há quem considere que ela tem sido uma espécie de staff da medicina e da ciência. Sua contribuição, geralmente, é no sentido de confortar os indivíduos acometidos pelas moléstias ajudando-os à enfrenta-las, porém a religião pode se oferecer também como uma abnegação da doença. Entenda melhor a questão assistindo ao vídeo.
See video

Quais aspectos permeiam a relação entre a Infância e as Manifestações Culturais? Há uma cultura para a/da infância? O que pode ser feito para valorizar e desenvolver a cultura infantil? Uma série de questionamentos similares nortearam uma das mesas de discussão do IX ENECULT, que trouxe este tema como uma de suas novidades para a edição 2013.

See video
A implementação de políticas culturais no governo Dilma, foi um dos temas discutidos durante a nona edição do Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura (ENECULT), que reuniu pesquisadores e profissionais da área para debaterem sobre os rumos da cultura no país.
Entre os pontos discutidos, a democratização e integração da diversidade cultural aparecem como uma das principais demandas que norteiam as atuais reivindicações das políticas culturais. Segundo Lia Calabre, pesquisadora e coordenadora do Setor de Estudos de Política Cultural da Fundação Casa de Rui Barbosa, é preciso abrir espaços para manifestações culturais consagradas e não consagradas e permitir que todos os públicos tenham oportunidades de manter as suas práticas culturais, caracterizando assim a diversidade da nossa cultura brasileira.
See video

Um dos maiores e mais conhecidos eventos de discussão e estudos sobre a cultura, nas suas mais diversas vertentes, o ENECULT - Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, chega à sua nona edição. Realizado na UFBA, o evento reúne centenas de pesquisadores, professores, estudantes e profissionais do campo da Cultura em uma série de atividades, durante três dias.

O professor Leonardo Costa, coordenador acadêmico do evento, ressalta a importância do ENECULT para a construção do conhecimento em cultura no nosso país e comenta algumas particularidades da nona edição do Encontro.

See video

Com tecnologia cada vez mais avançada, os aparelhos celulares também ganham cada vez mais espaço no dia a dia das pessoas. Mas será que o seu uso contínuo pode causar algum dano à nossa saúde? Essa é uma discussão antiga e que ainda rende discordâncias dentro da comunidade científica. No entanto, a epidemiologista norte-americana, Devra Davis, é categórica ao afirmar que a radiação emitida pelo aparelho é, sim, prejudicial à saúde humana.

Em entrevista à TV UFBA, a pesquisadora aponta os riscos do uso do celular no surgimento de doenças como câncer e alzheimer, informa métodos de prevenção e defende enfaticamente afastar os aparelhos das crianças. Segundo a pesquisadora, devemos enxergar uma criança com o celular na mão com o mesmo potencial de perigo que ela estaria se estivesse segurando um cigarro ou um copo de caipirinha.

Devra Davis é doutora em estudos científicos pela Universidade de Chicago, mestre em saúde pública pela Johns Hopkins e fundadora da ONG Environmental Health Trust, que faz campanhas sobre os riscos do tabaco, amianto e dos celulares para a saúde. Autora do livro "Disconnect" (2010) - sem edição no Brasil, cuja base são pesquisas que demonstram os efeitos da radiação dos celulares no organismo humano. Mais informações em: www.ehtrust.org

Confira a entrevista, na íntegra, clicando aqui.

See video

Após anos de dedicação ao trabalho e à família, se empenhar nos estudos e na busca pelo conhecimento torna-se um grande objetivo na vida de muitas pessoas. Alguns estudantes da Universidade Federal da Bahia tomaram essa decisão e hoje se dedicam ao estudo enquanto também aproveitam a "Melhor Idade".

 

A WebTV UFBA encontrou alguns destes experientes guerreiros e fizemos um bate-papo descontraído com eles, falando da nova experiência de vida, a rotina e convivência na universidade e a ajuda da família, além do incentivo que dão aos futuros universitários. Confira!

See video
Muitos pais têm uma oportunidade curiosa e também emocionante com seus filhos estudantes: são universitários junto com eles. A UFBA, claro, também têm entre seus alunos estas "famílias universitárias" e a TV UFBA procurou por alguns destes exemplares para fazer a sua homenagem ao Dia dos Pais. Pais e filhos contam como é dividir a experiência, vivendo juntos o ambiente universitário e mantendo a relação pai-filho de um jeito diferente e inesquecível para os dois lados. Confira nossa matéria especial!
See video

Esta edição do nosso Especial está mais que especial! Em plena exposição "Smetak, o alquimista do som", recebemos o professor e músico Paulo Costa Lima, numa entrevista leve e descontraída, embora profunda, na qual ele nos apresenta o gênio suíço-baiano Walter Smetak, que neste ano completaria 100 anos. Os amantes e pesquisadores da música experimental não podem deixar de assistir!